Interdisciplinaridade

home-nano-banner-interdisciplinariedade2

O crescente desenvolvimento social e tecnológico do mundo contemporâneo tem gerado questões cada vez mais complexas para o avanço científico e tecnológico. A atuação acadêmica interdisciplinar, sem dúvida, pode ser considerada um importante meio de compreensão e superação desses novos desafios. Uma consequência  representativa dessa nova perspectiva é a integração de áreas do conhecimento disciplinares como Física, Química, Biologia e Engenharia de Materiais, no contexto da Nanociência e Materiais Avançados em uma abordagem interdisciplinar.

O Programa de Pós-Graduação em Nanociências e Materiais Avançados (PPG-NMA), diante das chamadas crises da modernidade, ocorridas ao longo do Século XX, tem trabalhado na perspectiva de geração “do novo saber”, e utilizado algumas intersecções disciplinares emergentes, com o intuito de responder questões desestabilizadoras oriundas das referidas crises e avançando na fronteira do conhecimento.

Nesse sentido, o PPG-NMA, criado em 2007, entre os primeiros da Universidade Federal do ABC (UFABC), vem contribuindo, de forma interdisciplinar, com o progresso científico, tecnológico e social. O PPG-NMA vem desenvolvendo experimentalmente novos materiais funcionais avançados; buscando entender suas propriedades e propondo soluções que podem substituir, com benefícios, suas versões tradicionais, de modo a promover um profundo e positivo impacto para a sociedade. Além disso, aspectos teóricos utilizados em processos de simulação computacional têm sido essenciais ao entendimento dos fenômenos, propriedades e na predição de novos sistemas.

O Programa percebe que, nesse cenário contemporâneo, tem sido necessária a desconstrução das fronteiras dos saberes científicos e, por consequência, o fortalecimento do estímulo ao diálogo entre diferentes áreas do conhecimento. A ressignificação de fatos históricos não só permite a construção de novos conhecimentos, transformação e desenvolvimento de novos processos e produtos, mas também na formação de recursos humanos capazes de enfrentar esse novo cenário.

Em consonância com a passagem para o século XXI, a sociedade vem percebendo a emergência do imaterial, que é o objeto econômico que reconfigura o modo de vida do ser humano e os novos espaços de cultura, ciência e educação, economia, relações sociais e o mundo moderno do trabalho. Neste cenário, acredita-se que a nanociência/nanotecnologia e os materiais funcionais avançados possam contribuir de forma significativa na geração de conhecimento  e inovações tecnológicas, sejam elas teóricas ou práticas. O PPG-NMA vem atuando em duas linhas de pesquisa principais – Nanociência e Nanotecnologia; Materiais Funcionais Avançados; para isso, conta com Físicos, Químicos, Biólogos e Engenheiros, entre outros.

O Programa busca a formação de Mestres e Doutores ecléticos, versáteis e com maior repertório científico, compatibilizando-o ao novo perfil de pesquisador/trabalhador do futuro. Seu corpo docente tem trabalhado de forma inter e multidisciplinar, buscando mudar as trajetórias dos egressos dos cursos de Mestrado e Doutorado. Nesse sentido, os processos formativos buscam integrar os olhares de diversas áreas do conhecimento e tem permitido significativos avanços na Ciência e na Tecnologia.

Os estudos e pesquisas que vem sendo desenvolvidos neste Programa de Pós-Graduação não consideram apenas o prefixo “inter” (da palavra interdisciplinar); procuram ir além de uma pluralidade, uma justaposição, um espaço comum ou um fator de coesão entre saberes distintos através da pesquisa colaborativa e trabalho em grupo. Essa postura estimula que os especialistas das diversas áreas sejam envolvidos em uma temática – vontade comum para a construção e desenvolvimento de um novo conhecimento. O importante é que cada qual aceite esforçar-se fora do seu domínio próprio e da sua própria linguagem técnica para enveredar-se num domínio do qual não é proprietário exclusivo. O PPG-NMA pressupõe que os estudantes busquem uma mudança nas suas concepções prévias e, ao longo das disciplinas, trabalho em grupo e de suas pesquisas, busquem a produção e a geração de novos saberes avançando a fronteira do conhecimento.

Novos caminhos têm sido postos aos estudantes em prol da internacionalização, o que tem ampliado a interatividade da nossa instituição com o mundo. Além disso, há preocupação com o respeito aos contextos locais, o que tem propiciado uma ampliação da flexibilização dos processos de formação. Esse processo de internacionalização ajuda a consolidar uma nova dimensão da realidade educacional contemporânea do Programa, e tem trazido questões como flexibilidade, interdisciplinaridade e processos formativos não formais. Esse quadro corrobora com a literatura a respeito da interdisciplinaridade, ou seja, o PPG-NMA tem se empenhado em buscar a superação da visão fragmentada nos processos de produção e socialização do conhecimento.

Dentro deste cenário desafiador, estimulante e profícuo, a Universidade Federal do ABC foi a primeira universidade brasileira a criar um projeto pedagógico Interdisciplinar arrojado e inovador. O projeto pedagógico do Bacharelado em Ciência e Tecnologia da UFABC, baseado em uma formação interdisciplinar, alinha, capacita e promove o Programa de Pós-Graduação em Nanociências e Materiais Avançados. O PPG-NMA foi concebido com a missão de formar Mestres e Doutores imbuídos do compromisso de desenvolver pesquisa de nível internacional e na fronteira do conhecimento com abordagem interdisciplinar. O quadro de docentes permanentes e colaboradores do PPG-NMA combina professores doutores jovens e experientes formados em diferentes áreas do conhecimento que mantem intensa atividade de pesquisa e colaborações com importantes centros nacionais e internacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *